The Shorts

theshortsmusic@gmail.com

https://www.facebook.com/theshortsmusic

A banda The Shorts surgiu no começo de 2014, encontrando sua formação atual após várias jams da madrugada com músicos da cidade de Curitiba. Idealizada por Natasha Durski (vocal) e Andreza Michel (baixo, backing vocals), a banda conta também com Babi Age (Uh La La !) na bateria, e Taís D’Albuquerque (Rabo de Galo) e Daniel K. (ex-YokoFive) assumindo as guitarras. Com influências que vão dos anos 70 aos 00s, a banda faz um som próprio, que como foi dito por gente que já ouviu: “mistura o peso e a suavidade com um toque de Sid Vicious”.


A Banda lança seu primeiro EP  e conta um pouco sobre o trabalho:

Sobre o EP – “Esse álbum é o nosso primeiro trabalho de estúdio. Começamos a criar músicas e fazer improvisos no início de 2014…nossa ideia era juntar um pessoal com interesses musicais em comum, dedicação e amor por música. As composições desse EP são os primeiros frutos dessa parceria musical, as primeiras músicas que ficaram prontas, densas e interessantes nesse processo. Elas têm uma veia comum, os temas são comuns, e as referências também. Queria falar sobre questionamentos que tenho sobre a vida, sobre o amor, sobre as relações entre pessoas de modo geral, é um disco sobre o ser humano da nossa época, suas fraquezas, limitações, angústias e prazeres. Acho que a melodia acompanha muito a evolução desses estágios, ora pesada, ora suave. Acreditamos ser um trabalho muito coeso entre si.”

Divulgação – “Estamos divulgando prioritariamente via web, mas também temos CD. Nosso objetivo é ter uma boa resposta da mídia, pra que as pessoas conheçam a banda e o trabalho e consigamos fazer mais shows, viajar e poder divulgar pra mais pessoas. Em breve lançaremos em várias plataformas online pra escutar e se curtir, comprar as músicas.”

Uma curiosidade – “Putz…acho que o mais próximo de ser curiosidade é o porquê do nome “Devil’s song” pra segunda música do disco. Quando estávamos criando essa música, a Andreza estava testando um pedal delay que ela importou da China, mas ele sempre agia contra a vontade dela e fazia um barulho ensurdecedor direto. Uma vez eu disse: “Meu, parece que esse barulho vem do inferno”, e dai começamos a apelidar a música de “música do diabo” pra lembrar qual era a música que estávamos criando. No final, resolvemos deixar esse nome mesmo pra homenagear o pedal endiabrado… “

Produção – “O EP foi produzido pela banda e pela Ruth Varella – que vive em Chicago e já trabalhou com muitas bandas daqui e de fora. A colaboração dela foi fundamental na produção do trabalho. O EP foi gravado pelo Vírgilio Milléo no estúdio Audio Stamp (PR) e mixado e masterizado pelo Chuck Hipolitho, no estúdio Costella (SP).”

Os integrantes são:

Natasha Durski – voz

Andreza Michel – baixo e backing vocal

Taís D’Albuquerque – guitarra

Daniel K. – guitarra

Babi Age – bateria

 

 

Anúncios