Garden of the Eatingtapes

facebook.com/gardenoftheeatingtapes

gardenoftheeatingtapes@gmail.com

A Garden of the Eatingtapes é um power trio de rocknroll cru e true. Formada no final de 2013, por Tiago Oliveira (Vocais/Guitarra) Felipe Hotz (Baixo) Kiko Sousa (Bateria). A proposta é fazer um som orgânico, onde o fator humano da música se faz presente em todos os momentos.

No día 06 de agosto de 2014 a Garden lançou o seu primeiro álbum chamado “Twist of Fate”, composto de 12 músicas que exploram as mais diversas sonoridades que uma banda de rock pode ter. O disco foi gravado em três estúdios diferentes entre Curitiba no Passagem de Som e Vox Dei, e São Paulo no Costella. Todas as músicas foram gravadas ao vivo, para que o disco soasse o mais orgânico e natural possível. É um registro de uma banda que deseja soar como ela é, sem polimento, com toda sujeira faz parte do rock’n’roll.

A banda lança seu segundo disco e conta sobre o novo trabalho:

O álbum: O CD novo foi gravado pouco menos de um ano depois do primeiro. Tivemos a ideia de levar o equipamento para um local isolado e ficar 4 dias mergulhados no processo de gravação. Fomos então para o “Rancho del Kiko Sousa”, chácara do baterista, com todo nosso equipamento e o Estúdio Vox dei levou também todo o aparato deles (mesa de som, microfones, computador, cabos, etc). No fim das contas gravamos o CD inteiro em apenas 2 dias e o resultado surpreendeu. Depois disso, gravamos algumas participações com outros instrumentos como Cello, Sítara, Piano e Escaleta.

Planos de divulgação: “Além de postar em todos os possíveis meios de compartilhamento de música como Sound Cloud, Deezer, Spotify, etc, vamos recorrer aos blogs especializados e esperar que eles escutem, gostem e ajudem a compartilhar. E por cima disso shows, muitos shows.”

Uma curiosidade: “O CD foi gravado totalmente ao vivo, os 3 estavam na mesma sala tocando juntos (só gravando o vocal separado). A captação do instrumental foi feita direto na mesa saindo em 2 canais mixados para o ProTools, ou seja não tínhamos a possibilidade de editar nada depois de gravado. E como sobrou tempo, a gente compôs e gravou uma música inédita lá.”

Produzido pela banda e o produtor Tiago Brandão, a banda também lançou um documentário mostrando o processo de gravação:

Anúncios